Conexão BR
Início: 22:05:00
Fim: 23:59:00
Tadzio Rossi

POLÍCIA
12/03/2018 às 9h9
Polícia caça aliciadores de jovens catarinenses para tráfico internacional de drogas
.
 
Compartilhe esta notícia:


Foto: Editoria de Arte / Diário Catarinense

Ao passar pela fiscalização da bagagem, o nervosismo a entrega. Pelo raio X, policiais observam sinais suspeitos no interior das duas malas e decidem vasculhar. Em segundos, estava selado o triste destino de mais uma catarinense envolvida com traficantes: a cadeia e um julgamento por tráfico internacional de drogas. A prisão da recepcionista de Florianópolis, Jéssica Jadete Gonçalves, 24 anos, flagrada com 3,5 quilos de cocaína no aeroporto internacional do Recife, no dia 27 deste mês, colocou os arregimentadores de jovens para o tráfico em Santa Catarina novamente na mira da Polícia Federal (PF).

Mesmo com sucessivas operações e prisões nos últimos anos, tanto pela PF quanto pelas polícias Civil e Militar, criminosos seguem fazendo vítimas com a falsa promessa do dinheiro fácil e do glamour das drogas. O crescimento da rota SC-Europa seria outro fator predominante para a atividade.

Janete foi dada pela polícia como uma mula – assim são chamados os transportadoras de droga – e alvo de traficantes especializados em recrutar pessoas com o perfil para a viagem ao exterior. Ela praticamente não colaborou com a PF ao ser presa e as informações repassadas aos policiais ainda estão sendo checadas.

O delegado da PF em Florianópolis, Gustavo Trevisan, chefe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), afirma ser comum presos como mulas fornecerem dados falsos, trocados ou contraditórios. O motivo é o medo da pressão imposta pelos traficantes.

Empregada em Florianópolis, Janete narrou ter conhecido o aliciador em uma balada. Para levar as malas com cocaína a Portugal receberia R$ 10 mil. Aos familiares, conforme a polícia, teria dito que faria um curso na Europa – a reportagem não conseguiu contato com o advogado dela.

Investigação mira dono das drogas

Os passos dados por ela antes de ser descoberta estão sendo refeitos pela PF, que mira na captura do chamado "patrão", ou seja, o dono da droga que seria enviada à Europa. Em investigações desse porte, a polícia busca os emissários das passagens, as câmeras de estabelecimentos comerciais, ouve pessoas do círculo de amizade, colhe depoimentos e analisa mensagens eletrônicas.

Quadrilhas que fazem esse recrutamento e embarcam as mulas costumam ter vários integrantes. Não chegam a ser criminosos violentos que andam armados nem chefes de facções, mas usam de artifícios amedrontadores, chantagens e ameaças. Tanto para quem embarca quanto para os familiares. Há casos, depois das apreensões, que familiares recebem cobranças para repor a droga.

— Esses jovens são iludidos com o quê a viagem proporciona: conhecer outro país, ganhar status e ainda receber volume grande de dinheiro na volta. Pode até dar certo uma vez, mas uma hora a polícia acaba descobrindo e a pena para o tráfico internacional é aumentada e alta — ilustra o delegado Pedro Henrique de Paula, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Na Grande Florianópolis, há um histórico de envolvimento de catarinenses com o tráfico internacional. Algo que surgiu no início dos anos 2000, quando mulas ou cavalos (homens eram assim denominados na gíria do tráfico) embarcavam com cocaína para o mercado estrangeiro europeu (ou de outros continentes).

Lá, lucravam com a venda de pagamentos bem superiores ao da América do Sul e ainda retornavam com drogas sintéticas (ecstasy) para a comercialização no Brasil. Além de malas, recheavam pranchas de surfe e equipamentos de asa delta. Em troca recebiam grandes somas em dinheiro.

Dezenas de jovens foram presos no Brasil e exterior em ao menos sete grandes operações da PF e Deic. Algumas de grande repercussão como a Playboy (2005), Voyage (2011), Curió (2012) e Bomba Trans (2013). A cocaína vem de países da América do Sul como Peru e Bolívia. Geralmente, passa pelo Paraguai antes de entrar no Brasil.

O drama das famílias
Ex-funcionária de um salão de beleza de Itapema e natural de Canelinha, Morgana dos Santos, 26 anos, está presa na Itália desde o dia 5 de junho de 2016. Policiais italianos a prenderam no aeroporto de Milão quando desembarcava do Brasil com cocaína na bagagem. Dali em diante, a falta de notícias concretas e informações dela agravaram o cenário de apreensão aos familiares em Santa Catarina. Na época, parentes descreveram como "um pesadelo".

— As famílias vivem dramas de novela, são meses agonizantes e até anos com o desfecho processual. Há medo, compaixão, desalento na família, surpresa, muitas vezes por tal ato desvairado. Há muitos presos no RJ e SP da região de Floripa, Tijucas, Itapema e Balneário — afirma o advogado Telemaco Marrace de Oliveira.

A promessa de conhecer lugares novos, dinheiro e a adrenalina são os ingredientes que o tráfico utiliza como isca para fisgar jovens, diz o advogado que tem vários clientes presos por esse crime, entre eles Morgana dos Santos. A pena para tráfico internacional de drogas pode chegar a 20 anos de prisão.

Segundo o Itamaraty, havia 732 brasileiros presos no Exterior por tráfico de drogas em 2016. Nos próximos meses, um novo levantamento será divulgado. Muitos são de Santa Catarina (não há divulgação por Estado de origem) e estão presos em países como Portugal, França e Holanda.

O Itamaraty afirmou ainda que presta assistência consular cabível conforme o caso e o interesse do brasileiro. As providências são, por exemplo, em orientação jurídica, visitas consulares, contato com autoridades locais e familiares e fornecimento de bens de primeira necessidade. No entanto, encargos financeiros relativos à manutenção econômica do preso correm sempre por conta das autoridades locais.

Fonte: Diário Catarinense
 
Comentário
 
      Nenhum comentário para esta notícia!
Deixe seu Comentário para a notícia "Polícia caça aliciadores de jovens catarinenses para tráfico internacional de drogas "
(*) - Todos os campos são de preenchimento obrigatório.
Seu Nome*:
Seu E-mail*:
(o email não será publicado)
Cidade*:
Estado*:
Comentário*:
  500 caracteres restantes.
Eu li e aceito as regras de publicação de comentários. VER REGRAS
Sugerimos também a leitura dos TERMOS DE USO

VEJA TAMBÉM - Notícias relacionadas a POLÍCIA
 
18/05/2018 - Jovem mata a mãe e a irmã a facadas em Tubarão
Um jovem de 21 anos foi preso nesta quinta-feira após matar a facadas a própria mãe, de 42 anos, e sua irmã, de 13, no bairro, em...
14/05/2018 - Homem é morto a golpes de facão durante briga em Ponte Serrada
Atingido com golpes de facão, um homem acabou indo a óbito no início da noite de domingo (13), na Vila Pouso dos Tropeiros (CTG),...
14/05/2018 - Condutor é detido por dirigir embriagado
Por volta da 0h21min deste domingo (13), a Polícia Militar abordou um veículo na Rua João Crenonini, no Bairro Nossa Senhora de...
26/04/2018 - Operação policial é encerrada com 62 presos em Santa Catarina
Com 104 viaturas nas ruas de Santa Catarina, uma operação policial prendeu 62 pessoas ao longo da quarta-feira. A ação envolveu...
22/03/2018 - Operação cumpre 34 mandados de prisão contra o crime organizado no Sul do Estado
Uma operação iniciada às 5h desta quinta-feira está cumprindo 34 mandados de prisão e 39 mandados de busca em apreensão no Sul do...
12/03/2018 - Santa Catarina atinge arrecadação histórica de R$ 1,7 bilhão em ICMS
Santa Catarina bateu recorde de arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) em janeiro,...
08/03/2018 - PRF e PM apreendem carreta com 450 mil maços de cigarros em Seara
Uma ação conjunta na tarde de quarta-feira (8) entre Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (PM) da cidade de Seara/SC...
02/03/2018 - Mais de mil mulheres estão presas em SC, com 165 podendo ter direito a prisão domiciliar
Santa Catarina tem 1.015 mulheres privadas de liberdade distribuídas em 13 unidades prisionais do estado. Do total, 322 (30%) são...
20/02/2018 - Corpo de mulher é encontrado em Xanxerê
O corpo de uma mulher foi encontrado por populares no centro da cidade de Xanxerê. O fato foi registrado na tarde desta...
20/02/2018 - Plantação com mais de 100 pés de maconha é encontrada em SC
Uma plantação com mais de 100 pés de maconha foi encontrada e incinerada pela Polícia Civil em Garopaba/SC , na tarde desta...
05/06/2018 - Estado - 9 hrs
Santa Catarina reduz desmatamento da Mata Atlântica
05/06/2018 - Brasil - 9 hrs
Preço médio da gasolina sobe R$ 0,20 em Florianópolis em duas semanas
05/06/2018 - Economia - 9 hrs
SC corta 234 cargos e economiza R$ 2 mi, mas folha cresce R$ 40 mi
21/05/2018 - Tempo - 9 hrs
Segunda-feira amanhece com frio forte em toda SC
21/05/2018 - Tempo - 9 hrs
Das roupas à alimentação: um manual para encarar o inverno
21/05/2018 - Greve no Brasil - 9 hrs
Caminhoneiros autônomos começam paralisação nas rodovias de Santa Catarina
18/05/2018 - Esportes - 9 hrs
Alemanha lidera e Brasil permanece em 2º no ranking da Fifa
18/05/2018 - Saúde - 9 hrs
Sobe para seis o número de mortes por gripe A em SC
18/05/2018 - Polícia - 9 hrs
Jovem mata a mãe e a irmã a facadas em Tubarão
18/05/2018 - Economia - 9 hrs
Endividamento das famílias em SC cai pelo segundo mês seguido em abril
Sobre Nós
Anuncie Aqui
Política de Privacidade
Termos de Uso
Contato
Horários de Atendimento
Segunda a Sexta das 07h às 12h e das 13h às 19h
Fone: 49 | 3435 0171
E-mail: contato@radionamba.com.br

Rua Marechal Floriano, 505
Ponte Serrada / SC
Cep: 89683-000
© Ideia Good - Soluções para Internet