Rádio Nambá 92,7 FM
Atendimento:
49 . 3435 0171
49 . 99978 6082
Locutor Sem Nome
OUÇA AO VIVO - 92,7 FM


NOTÍCIAS


Culinária

Acordo com indústria retira mais de 17 mil toneladas de sal dos alimentos nos últimos seis anos no Brasil

Brasileiro consome mais do que o dobro recomendado

14/06/2017 às 1h10
Atualizada em 14/06/2017 - 01h17

Balanço divulgado nesta terça-feira pelo Ministério da Saúde mostra que a indústria retirou mais de 17,2 mil toneladas de sal dos alimentos desde 2011, quando foi firmado acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação (Abia) para diminuir o sódio nos produtos alimentícios. A meta é que a indústria promovam a retirada voluntária de 28.562 toneladas de sal das prateleiras até 2020, ou seja, em três anos reduzam mais 11,3 mil toneladas de sal.

O resultado da quarta etapa do acordo revela ainda a redução de mais 2.361 mil toneladas de sal desde 2013. Nessa fase, foram analisados rótulos de 718 produtos como linguiças, sopas instantâneas, mortadela, queijo muçarela e empanados.

O maior percentual de redução foi observado nas sopas, que reduziram, em média, 65,15% de sódio por cada 100g de produto. Nas sopas instantâneas, a redução média observada foi de 49,14% por 100g. No queijo muçarela o percentual foi de 23,15%; no requeijão, 20,47%. Na outra ponta, a menor redução média percentual foi nos empanados, 5,7%.

– Estamos acompanhando o esforço voluntário da indústria, temos que entender que isso é uma parceria entre governo e indústria e a motivação é dada pelo próprio consumidor. Considero que estamos cumprindo a nossa meta e vamos fazer um grande esforço para alcançá-la – afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Fonte: DC



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.


Sugerimos também a leitura dos TERMOS DE USO e das REGRAS





VEJA TAMBÉM