Rádio Nambá 92,7 FM
Atendimento:
49 . 3435 0171
49 . 99978 6082
Locutor Sem Nome
OUÇA AO VIVO - 92,7 FM


NOTÍCIAS


Esportes

CONTAGEM REGRESSIVA COMENTE! A 50 dias da Copa do Mundo, Tite tem vagas abertas na Seleção Brasileira

.

25/04/2018 às 8h53
Atualizada em 25/04/2018 - 09h05

A 50 dias para o início da Copa do Mundo, 18 jogadores lutam pelas cinco vagas restantes no grupo do técnico Tite na Seleção Brasileira. Outros 18 nomes têm o lugar praticamente garantido – exceto ocorra alguma lesão grave na reta final de preparação. No dia 14 de maio, às 14h, o treinador vai ler a relação dos 23 convocados para representar o Brasil na Rússia. Pelo número de atletas em alta, o comandante terá trabalho para dizimar as dúvidas e formar o elenco que considera ideal.

Tite observa situações importantes antes de fechar a lista definitiva. Uma delas é a possibilidade de chamar apenas um lateral para a reserva. Neste caso, o eleito seria alguém com facilidade de jogar pelos dois lados. Entre os possíveis nomes, dois têm esse perfil: Danilo, do Manchester City, e Rafinha, do Bayern de Munique. Assim, o treinador ganha espaço para convocar um jogador a mais para o meio de campo ou ataque, setores onde tem inúmeras alternativas.

O mesmo critério se aplica à zaga. Miranda, da Inter de Milão, e Marquinhos e Thiago Silva, ambos do PSG, estão garantidos na relação final. O técnico avalia chamar ou não outro defensor, já que atua com dois zagueiros e tem um reserva confirmado. Se optar em não convocar para a posição, poderá utilizar Casemiro, que fez a função quando necessário no Real Madrid ou Fernandinho, que também foi testado assim no Manchester City de Pep Guardiola, em quem o comandante da Seleção Brasileira se espelhou para montar o esquema tático visando o Mundial.

O trunfo de ter no elenco jogadores que atuem em mais de uma posição pode facilitar a elaboração da lista definitiva. Contar com um time sólido na defesa e forte no ataque é algo essencial na visão de Tite. Por isso, os últimos dias antes de fechar a relação de nomes serão fundamentais. No calendário do treinador e da comissão técnica estão os principais jogos que serão vistos in loco. Além dos 23 convocados, é preciso indicar outros 12 atletas como suplentes. Esses, porém, não necessariamente serão divulgados como ocorreu em 2010 e 2014.

Alguns jogadores se destacaram desde a convocação de Tite, em março, para os amistosos contra Rússia e Alemanha. Esses são os casos do goleiro Cássio e do meia Rodriguinho, ambos bicampeões paulistas pelo Corinthians, além do zagueiro Geromel e do volante Arthur, destaques do Grêmio no início da temporada. Outros não conseguiram manter o ritmo esperado e, assim, estão mais distantes da Copa do Mundo. Os meias Diego, do Flamengo, e Lucas Lima, do Palmeiras, e o zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo, são alguns deles.

A programação da Seleção Brasileira prevê apresentação dos jogadores no dia 21 de maio, na Granja Comary. Seis dias depois, o elenco viaja para Londres, onde vai realizar treinamentos no CT do Tottenham. No dia 3 se junho, o Brasil pega a Croácia, em amistoso em Liverpool. Uma semana mais tarde, o duelo é contra a Áustria, em Viena. No dia 11, o grupo chega a Sochi, na Rússia, e dá sequência ao trabalho visando a estreia diante da Suíça, em Rostov, pelo Grupo E, em 17 de junho.

Fonte: DC



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.


Sugerimos também a leitura dos TERMOS DE USO e das REGRAS





VEJA TAMBÉM