Rádio Nambá 92,7 FM
Atendimento:
49 . 3435 0171
49 . 99978 6082
Locutor Sem Nome
OUÇA AO VIVO - 92,7 FM


NOTÍCIAS


Ponte Serrada

‘Movimento caiu cerca de 70%’, diz dono de hotel perto de trevo fechado em Ponte Serrada

Moradores fizeram manifestação contra o fechamento do acesso na BR-282

06/03/2020 às 09h00

Moradores de Ponte Serrada realizaram no final da tarde desta quinta-feira, dia 5, uma manifestação contra o fechamento de um trevo secundário na BR-282. O ato aconteceu no distrito de Baía Alta, com pneus queimados nas margens da rodovia. O trecho foi fechado na última semana pelo Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

 Comerciantes que possuem estabelecimentos próximos ao local se mobilizaram no protesto, que seguiu até a noite desta sexta-feira. Eles reclamaram da dificuldade de acesso gerada com a medida adotada pelo Dnit. O órgão afirmou na última semana ter tomado a decisão para aumentar a segurança, diante dos frequentes acidentes no local.

 
Dono de um hotel nas margens da BR-282, Oscar Getúlio Batassini disse ao Oeste Mais que o movimento caiu cerca de 70% após o fechamento do acesso. “O pessoal passa direto, vai embora. Tinha argentino que chegava, muito pessoal cansado da noite. Agora não tem mais por onde entrar, não para mais ninguém”, lamenta o comerciante, que há 20 anos está tem o estabelecimento aberto.

Roberto César de Sousa é dono de um comércio no ramo de elétrica há 13 anos perto do trevo. Ele lamentou a decisão de fechamento do acesso, citando inclusive uma audiência pública no ano passado, onde houve uma sugestão para que fossem mantidas ao menos as saídas da rodovia à direita, com os veículos podendo acessar as paralelas dos dois lados da pista.

 “Para uma comunidade pobre, que está trabalhando há mais de 20 anos sem sair do chão, acho que isso aqui não é a melhor saída. Nós queremos um trevo. Os outros municípios, que são bem menores que a gente, como Vargeão, Faxinal dos Guedes, conseguiram muito mais do que nós”, reivindicou o comerciante.

Fonte: Oeste Mais



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.


Sugerimos também a leitura dos TERMOS DE USO e das REGRAS





VEJA TAMBÉM