Rádio Nambá 92,7 FM
Atendimento:
49 . 3435 0171
49 . 99978 6082
Locutor Sem Nome
OUÇA AO VIVO - 92,7 FM


NOTÍCIAS


Polícia

Fraude em seguros de vida e DPVAT: Polícia deflagra operação em Chapecó e Xanxerê

17/03/2020 às 09h00

Uma grande Operação policial desarticulou uma quadrilha responsável por fraudes no segura DPVAT, em Chapecó e Xanxerê.

A Polícia Civil por meio da DIC de Chapecó, com apoio da 12ª Delegacia Regional e da DIC de Xanxerê, cumpriu oito mandados de busca e apreensão em endereços comerciais de Chapecó e Xanxerê, onde foram apreendidos documentos e provas das fraudes no encaminhamento e recebimento de indenizações de Seguros de Vida e de DPVAT.

De acordo com a investigação que iniciou em agosto de 2019, as denominadas “assessorias” situadas em Chapecó e Xanxerê, realizam pedidos de indenização de Seguros de Vida e de DPVAT indevidamente, já que os beneficiários não possuem o direito a tais valores, seja porque não possuem as limitações físicas atestadas ou porque os pedidos foram encaminhados antes do final do tratamento médico e fisioterápico, e até mesmo após o prazo legal.

De acordo com a polícia, estão envolvidos no esquema, ao menos seis médicos atuantes na região, que fariam os laudos atestando falsas incapacidades, três advogadas, que auxiliariam no encaminhamento dos pedidos, e outras vinte pessoas ligadas a assessorias e a outras instituições.

Em apenas 28 casos analisados, foi constatado o recebimento indevido de mais R$ 700.000,00 em indenizações.

A investigação prossegue no intuito de apurar outros casos similares, assim como o envolvimento de outras pessoas, inclusive agentes públicos atuantes nos hospitais da região, que repassariam às assessorias informações pessoais e sigilosas de acidentados atendidos nos hospitais.

A expressão, em latim, "Morbus Falsum" faz referência à falsa moléstia, aos inexistentes problemas de saúde que são atestados falsamente no intuito de permitir o recebimento de indenizações de seguros, como vem sendo demonstrado na investigação referida.

Fonte: Portal Aconteceu, com informações Polícia Civil



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.


Sugerimos também a leitura dos TERMOS DE USO e das REGRAS





VEJA TAMBÉM